10 expressões Indispensáveis para seu vocabulário italiano

//10 expressões Indispensáveis para seu vocabulário italiano

Se você está aprendendo italiano, provavelmente já leu ou escutou algumas destas expressões. Na Itália elas são muito usadas no cotidiano e você irá escutá-las diversas vezes. Por isto, aqui vai um pequeno glossário com expressões italianas divertidas e práticas para serem usadas!

Allora?!
Use quando encontrar alguém. Nesta única palavra você resume algo do tipo: “E ai? Como você está? Tudo bem? O que conta de novo? O que tem feito?”

Prego!
Os italianos morrem de dar risada quando digo o que esta palavra significa em português! 😀 Ela pode ser usada em duas ocasiões, para dizer “de nada” ou “pois não”. Por isso que quando você se aproxima do balcão do café o barista te diz “Prego!”.

Figurati! 
Quando você faz um favor à alguém ou alguém te faz um favor sem ter sido nenhum sacrifício, em vez de “prego” pode dizer “figurati” (informal) ou “si figuri” (formal), ou seja, algo do tipo: “imagina, não foi nada!”

Boh…
Quando você vive na Itália essa é a primeira expressão local que você começa a usar rapidinho e sem se dar conta também usa com o pessoal do Brasil que não entende que raios é esse seu “boh…” deixado assim no ar… Significa “sei lá… não sei…”

Ci penso io!
“Deixa comigo!” Quando eu cheguei na Itália e queria pedir um favor à alguém, eu traduzia ao pé da letra “lo puoi vedere te questa cosa?” (“você pode ver isso pra mim?”). As pessoas me olhavam estranho… haha! O certo é dizer: “Ci pensi tu a questa cosa?”.

Che figata!
Também usam “Che figo!”, que significaQue legal!”. Eu adoro a expressão “È una figata pazzesca!”, tipo “muito legal, mesmo!”. Usada pelos jovens e adultos.

Che palle!
A tradução literal é “Que bolas”… rsrs… Significa o oposto de “figo”: “que chato!”. Também usada tanto pelos jovens como pelos adultos. Não existe muita gíria que só os jovens usam.

Magari!
Quando usado assim, sozinho, quer dizer que você gostaria muito que isto fosse possível, mas muito provavelmente não é, tipo “Quem dera!”. Se invés é usado no meio de uma frase, é sinônimo de “forse“, “talvez”.

Dai!
Quando você quer estimular alguém a fazer alguma coisa: “Vai, vamos, sim!”.

In Bocca al Lupo!
Os italianos são muito supersticiosos e desejar simplesmente “buona fortuna” não é uma boa ideia, pois traz “Sfiga” (Azar). Seguindo o mesmo raciocínio, a resposta para “in bocca al lupo”também não deve ser um simples “grazie“, mas sim, “crepi!” (morra).

Fonte: vivatoscana.com.br

2016-03-15T08:47:26+00:00 março 15th, 2016|
WhatsApp chat